Como uma história pode mudar vidas!

No último sábado (04/12), o escritor Raphael Draccon veio a Natal para um evento beneficente promovido pela UP! Brasil! em parceria com a revista SMK! e o próprio escritor em prol do GACC. O evento começou com brincadeiras e um quiz sobre as mais famosas histórias de fantasia e contou ainda com a presença de muitas crianças e fãs de Draccon.
Em sua palestra sobre como uma história pode mudar uma vida, Draccon falou sobre sua vida pessoal e profissional, emocionando a platéia (eu chorei muito). A trilha que o escritor percorreu até chegar onde está foi dura, mas ele merece absolutamente tudo o que conquistou.
E como uma história pode mudar uma vida? Bem, vou deixar aqui para vocês uma história para vocês pensarem que o Rapha contou no início da palestra. A moral ele falou só no fim, encerrando sua fala. E a história é a seguinte: Havia uma velhinha que chorava todos os dias. As milhares de pessoas que passavam por ela a conheciam como a velhinha chorona. Um belo dia, um sujeito perguntou por que aquela senhora sempre estava chorando e a velhinha respondeu: "Meu jovem, tenho duas filhas. Uma é casada com um vendedor de sapatos. A outra é casada com um vendedor de guarda-chuvas. Quando faz sol, sei que minha filha que é casada com o vendedor de guarda-chuvas não vai comer. No dia que chove, é minha outra filha que não come. Por isso choro todos os dias". Então o sujeito respondeu: "Mas minha senhora, deveria se alegrar nos dias que chove, pois uma de suas filhas vai comer. E devia se alegrar nos dias que faz sol, pois quem come é sua outra filha". Desde desse dia, a velhinha nunca mais chorou.
Como disse Draccon, milhões de pessoas haviam passado por aquela velhinha e só precisou que alguém parasse para falar com ela para que ela nunca mais chorasse. O que pudermos fazer para mudar uma vida, mesmo que pensarmos ser pouco, é válido.