Quem quer ser escritor? #3.2 (Originalidade)

Logo quando eu comecei a escrever, ouvi, em algum lugar, a frase "Todas as histórias já foram inventadas. O que muda é a maneira de contá-las".

Eu realmente acredito nisso. Vejam só, não estou dizendo que hoje em dia somente se copia as coisas. Aliás, esse é justamente nosso assunto.

Vivemos em um mundo onde, não só as histórias, mas tudo o que nos cerca são melhoramentos das grandes invenções. Vocês realmente conseguem pensar em algo feito nos dias de hoje que não é algo reformulado, melhorado ou combinado de coisas anteriores?

Contudo, paradoxalmente, o que mais se busca atualmente é a originalidade.

Mas isso não quer dizer que é preciso fazer grandes descobertas como o fogo ou a gravidade. Isso quer dizer que é necessário buscar novas maneiras de utilizar o que já foi descoberto. E está ai a originalidade das coisas!

Em relação aos livros, temos algo que é repetido incansavelmente: A jornada do Herói (da qual eu já falei aqui). Não estou dizendo que isso é ruim. Pelo contrário! Cada vez que ela é utilizada em um livro, força outro autor a utilizar ainda mais a sua criatividade para pensar em algo diferente do que já foi criado, usando a mesma base.

É como cantar uma música que já foi interpretada por vários artistas de um jeito completamente novo e revigorante.

Então sempre que pensar em criatividade, pense em usar a seu favor tudo o que já existe e criar algo totalmente novo.

Nenhum comentário: